segurança crianças carro
0

Dicas de segurança: da rua até sua casa

Os hábitos do dia-a-dia devem ser feitos sempre com atenção, para que tenha uma rotina sem sustos, riscos e com muita segurança. Neste texto, temos diversas dicas de segurança para que você saiba como agir para evitar maiores riscos de roubos, furtos, assaltos e até acidentes, desde enquanto estiver nas ruas, até chegar em sua casa.

Acompanhe e tenha hábitos seguros!

Nas ruas

▪ Nunca demonstre que está procurando um endereço, pois bandidos podem se aproveitar de quem parece perdido ou desatento;

▪ Não use bolsos traseiros para carregar carteira ou dinheiro;

▪ Previna-se contra a ação dos marginais não ostentando objetos de valor como relógios, joias, pulseiras, celulares, tablets, colares, etc;

▪ Evite transitar em ruas ou praças com pouca iluminação;

▪ Caso sinta que alguém está te seguindo, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua;

▪ Não saia com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade;

▪ Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos;

 

dicas de segurança nas ruas
▪ Ao sair a pé sozinho(a), procure sempre ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito, pois assim fica mais fácil perceber a aproximação de um veículo suspeito;

▪ Não deixe de comunicar a presença de elementos suspeitos nas proximidades de sua casa ou local de trabalho, ligando para o Disque Denúncia 181;

▪ Ao retornar para sua residência e notar algum sinal estranho (porta aberta, luzes acesas, etc.), não entre em casa, chame a polícia;

No trânsito

▪ No carro, evite adesivos, placas ou crachás que identifiquem o local onde você mora ou costuma frequentar, assim como a escola em que os filhos estudam;

▪ Ao parar nos semáforos, atente-se ao retrovisor de seu carro e mantenha o veículo engatado em 1ª marcha e distante do carro da frente o suficiente para arrancar, em caso de emergência;

▪ Evite atividades que tirem sua atenção do ambiente ao seu redor quando estiver parado (ex.: maquiar-se, falar ao celular, ler jornal, etc.).

▪ Se for fumante, não fume parado no trânsito e muito menos com a janela aberta, pois essa conduta facilita a ação de criminosos;

▪ Se perceber estar sendo seguido por outro veículo, procure agir com naturalidade e dirija-se para ruas movimentadas;

▪ Evite ostentar o uso de joias, celulares, câmeras digitais, notebooks ou tablets;

▪ Atentar, ao chegar ou sair de casa, para a presença de estranhos nas imediações;

▪ Jamais dê carona a estranhos e não pare para auxiliar outros motoristas em locais ermos e horário avançado;

▪ Procure não transportar valores em seu carro quando estiver desacompanhado(a);

▪ Se um dos pneus esvaziar sem motivo aparente, não pare no primeiro momento, procure um lugar seguro para efetuar a troca;

▪ Evite deixar seu carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada;

▪ Ao estacionar, mesmo que por poucos minutos, desligue o carro, retire a chave do contato e tranque-o;

▪ Procure estacionar em ruas iluminadas e próximo a locais vigiados dia e noite;

▪ Evite namorar dentro do carro, principalmente à noite e em lugares desertos;

▪ Não pare para discutir “fechadas” ou “batidinhas”, pois é comum que ladrões provoquem isso, só para assaltar.

Ao dirigir com crianças no carro

▪ Durante o trajeto para a escola, por exemplo, o pai ou a mãe devem se atentar aos arredores, pois os criminosos se aproveitam da “bagunça” das crianças e momentos de distração para furtar bolsas, celulares, relógios e outros pertences de quem conduz o carro;

▪ As crianças, de acordo com a idade, devem andar no banco traseiro, em assentos apropriados e indicados pela legislação em vigor.

 

segurança crianças carro


Crianças: cuidados básicos ao atravessar ruas

▪ Não atravessar por trás de árvores, carros, ônibus e bancas de jornais, pois pode não ser vista por um carro que está em alta velocidade;

▪ Procurar ser visto ao atravessar as ruas e utilizar sempre a faixa de pedestres.

Em casa

▪ Caso possa ter um sistema de alarme, vale à pena, pois é eficaz;

▪ Não deixe luzes acesas durante o dia, pois isso é sinal de que não há ninguém mesmo em casa;

▪ Apenas atenda à porta após a identificação da pessoa, e não atenda a qualquer indivíduo;

▪ Mantenha portões e portas de garagem sempre fechadas;

▪ Não aceite a entrada de técnicos não solicitados, desconfie desta atuação;

▪ Ao sair ou retornar da residência, observe as proximidades se há presença de pessoas suspeitas, e ao constatar algo estranho, não entre em casa e, se for o caso, acione a polícia ou vigilante noturno;

▪ À noite, deixe pelo menos uma lâmpada acesa na área de maior risco da residência;

▪ Manter escadas e ferramentas em lugar seguro e bem guardado;

 

segurança em casa
▪ Em caso de perda de chaves, troque os segredos das fechaduras;

▪ Ao viajar, avise parentes ou vizinhos de confiança, para que esporadicamente verifiquem a residência e façam a coleta de correspondências.

▪ Oriente familiares e empregados para que não comentem com estranhos sobre os bens que a família possui tanto como seus hábitos;

▪ Não passe informações por telefone para pessoas desconhecidas.

 

Grupo Berbel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *